diabetes

4 mudanças de hábito para controle do diabetes

O diabetes é uma doença metabólica grave e vem crescendo cada vez mais dentre a população mundial. Os hábitos de vida modernos são os principais fatores que influenciam o desenvolvimento do diabetes tipo 2, que é adquirido e soma a maioria dos casos. Caracteriza-se pela resistência do organismo à ação da insulina e pela dificuldade do pâncreas em produzi-la em níveis adequados para o metabolismo normal da glicose. 

A função da insulina é regular o metabolismo da glicose e transportá-la para dentro das células como energia. Se houver uma incapacidade de produção desse hormônio ou uma dificuldade em manter os níveis de glicose dentro do padrão, o organismo desenvolve a doença. 

Como controlar o diabetes?

O diabetes dos tipos 1 e 2 causam os mesmos danos ao organismo. A diferença é que o tipo 1 é, na maioria das vezes, genética e pode afetar até mesmo crianças. Nela, o pâncreas não produz a insulina, e é preciso que o paciente se mantenha dependente da aplicação desse hormônio diariamente.

Já o diabetes tipo 2 é adquirido, especialmente devido à obesidade ou a hábitos bastante prejudiciais a saúde, como alimentação pobre em nutrientes e rica em carboidratos refinados e açúcar, além de sedentarismo e muito estresse. O pâncreas produz a insulina, mas o corpo cria uma resistência a ela, impedindo que esse hormônio realize as funções dele. Dessa forma, há um aumento dele no sangue levando a um estado de inflamação crônica em todo o organismo, o que torna o corpo vulnerável a desenvolver outras doenças crônicas e degenerativas.  

Então, após o diagnóstico de diabetes, é fundamental iniciar o processo de mudança dos hábitos nocivos de vida que levaram a esta doença, e prevenir que ela cause consequências graves. Em muitos casos, é necessária a medicação para controlar a glicose, porém é possível ter uma vida saudável e normal só com a mudança de hábitos diários, e nem precisar de remédios para isso.  

Abaixo listamos mudanças de hábitos fundamentais para controlar a doença ou até se libertar dela. 

Fazer alimentação saudável – comida de verdade

O diabético precisa mudar o conteúdo da sua alimentação. Deixar para trás os produtos alimentícios feitos industrialmente e passar a comer alimentos de verdade, ou seja, os que vêm da natureza: frutas, verduras, legumes, grãos integrais, castanhas, sementes, brotos, ovos, carnes e água de boa qualidade. Incluir as gorduras saudáveis óleo de coco e azeite de oliva. 

Consumir o máximo possível em seu estado natural. Processar no fogo apenas os que são necessários, como as carnes, os grãos integrais e os feijões. Assim deve ser a alimentação diária de toda pessoa que deseja saúde.    

Acrescente em seu consumo diário coentro, açafrão, gengibre, pimenta do reino, sal grosso moído, alho, cebola, alho poró, rabanete, couve-flor, brócolis, repolho. Aos poucos, vai reduzindo a intoxicação por metais pesados e a inflamação silenciosa que adoecem o organismo. Sua glicose retorna ao normal e sua energia revigorada.

Lembre-se! Água é nutriente. Beba mais e mais água.

Sair do sedentarismo – mexa-se

Nosso corpo exige movimento para se manter saudável. Isso é fato. Então, fale com seu médico e encontre uma atividade física que goste e sinta prazer em praticar. O exercício consome glicose e ajuda a normalizar suas taxas no sangue. E nem precisa tanto, 30 a 40 minutos por dia já tem esse benefício. 

Verificar sempre os níveis de glicemia

Há aparelhos chamados glicosímetros à venda que podem ajudar você a conferir, de casa, os índices de glicemia. O monitoramento é fundamental para verificar se há algum tipo de falha na dinâmica dos novos hábitos e evitar que haja alguma crise de hipoglicemia. Ajuda muito você conhecer a relação entre seus novos hábitos de vida saudáveis e o metabolismo da glicose em seu organismo.  

Parar de fumar

O tabagismo piora ainda mais o quadro de diabetes, aumentando os riscos de AVC, doenças cardiovasculares e outras doenças. A nicotina aumenta a resistência à insulina, que vai perpetuar a inflamação crônica fazendo mais doenças.

Corte este círculo vicioso e tenha mais saúde e mais anos de vida saudável. Mesmo com diabetes.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre esse assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como endocrinologista em Manaus!

Comentários
Dra. Aidalina Nascimento

Posted by Dra. Aidalina Nascimento