performance física

Como um endocrinologista pode ajudá-lo a aumentar a sua performance física

O que tem a ver performance física e endocrinologia? Muitas vezes, ao ouvir a palavra endocrinologia, naturalmente, se associa essa especialidade médica a tratamentos hormonais. Mas não para melhorar apenas o desempenho físico. 

Por outro lado, dentre as doenças tratadas por ela, é comum lembrarmos rapidamente de obesidade, doenças da tireoide, alterações metabólicas, problemas ósseos como osteoporose, desenvolvimento sexual, crescimento, diabetes e demais assuntos relacionados ao metabolismo e aos hormônios.

Porém, uma ligação que você provavelmente não sabe é que o metabolismo e a condição hormonal também têm tudo a ver com a sua performance física. Pensando nisso, resolvi esclarecer para você como um endocrinologista pode ajudá-lo a melhorar o seu desempenho físico. 

Como os hormônios melhoram a performance física?

Em primeiro lugar, os hormônios são produzidos pelas glândulas endócrinas e afetam aspectos bastante expressivos do organismo. Dentre as funções deles, quando se fala em melhora da performance física, devem-se destacar as mais importantes:

  • ativação dos sistemas de enzimas;
  • indução para a contração muscular;
  • relaxamento muscular;
  • síntese e deposição de gorduras;
  • síntese proteica;
  • metabolismo de glicose;
  • metabolismo ósseo.

Além do mais, os hormônios também determinam de que forma o corpo reagirá a todo tipo de estresse, tanto  psicológico, quanto físico ao longo do dia. Como resultado do estresse intenso e de longa data, há rápida redução do músculo ou mesmo dificuldade de “ganhar massa”. Portanto, fique de olho no seu estresse!     

O que um médico endocrinologista pode fazer pela melhora da minha performance física?

Para realizar esses processos, o sistema endócrino funciona em “rede”, através de tecidos e glândulas como hipotálamo, pituitária, pineal, tireoide, timo, pâncreas, adrenais, testículos, ovários, microbioma e o tecido adiposo. 

Consequentemente, a secreção hormonal, de modo específico, ajusta-se para atender às necessidades e modificações corporais. Esses hormônios são liberados, geralmente, em “intervalos” preestabelecidos ao longo de 24 horas. No entanto, esta secreção pode sofrer inúmeras interferências, principalmente, relacionadas ao sono, alimentação e à prática de exercícios físicos.

Mesmo assim, você pode ainda não ter relacionado a endocrinologia com resultados de desempenho físico. Apesar de esta especialidade ter ação muito importante na área de fisiologia nutricional, além da fisiologia e nutrologia do esporte.

No que diz respeito à performance, a endocrinologia visa melhorar esse desempenho, avaliando a composição do corpo, buscando  primeiramente o aumento de massa magra ou muscular e, obviamente, diminuição de gordura. Em consequência disso, o bem-estar e a qualidade de vida são melhorados e mesmo otimizados. Isso porque aumentando o músculo, aumenta a performance do corpo.

Atualmente o mais aconselhável é praticar a medicina integrativa, ou seja, que a endocrinologia trabalhe junto às demais especialidades, seja o indivíduo um praticante de exercícios rotineiros, seja ele um atleta. Ou mesmo para todos aqueles que desejam apenas otimizar a saúde.

Como é realizado o trabalho do médico endocrinologista?

O trabalho mais importante é escutar o cliente. Entender seus anseios, dificuldades e medos, razões de frustrações anteriores relacionadas a conseguir ou não sua performance física, em contraste com o esforço dispendido para isso.

Com as informações em mãos, médico e paciente juntos vão encontrar o melhor caminho para um plano estratégico personalizado, a fim de que o praticante ou atleta atinja os objetivos desejados. 

Acima de tudo, o plano é montado com base em avaliações laboratoriais e clínicas, além de ajustes no estilo de vida que o cliente se dispõe a desenvolver para conseguir seu intento. Ainda mais atenção é dada aos obstáculos que podem diminuir a capacidade de performance e os consequentes resultados. Dentre esses entraves, são mais dignos de atenção: 

  • exercícios físicos impróprios;
  • condições de saúde/médicas;
  • suplementação errônea;
  • alimentação inadequada;
  • características fisiológicas;
  • desequilíbrios metabólicos;
  • níveis hormonais. 

Sobretudo, o objetivo do médico endócrino é otimizar os resultados do paciente por meio dos estímulos hormonais, que serão obtidos após a adequação de inúmeras variáveis, tais como treino, dieta, suplementação, modulação, ajuste no padrão de sono e controle de estresse. 

E aí? Agora você já sabe como um endocrinologista pode ajudar você a aumentar a sua performance física. Vamos juntos nessa caminhada! 

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder os seus comentários sobre esse assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como endocrinologista em Manaus!

Comentários
Dra. Aidalina

Posted by Dra. Aidalina