Estresse, problemas pessoais, emoções e diversos outros motivos típicos do dia a dia provocam a compulsão alimentar. Uma doença atual que atinge milhares de pessoas, causando sérios transtornos para a saúde. 

Os efeitos vão além da nutrição desequilibrada e quase sempre composta por alimentos calóricos e doces. O ganho de peso é evidente e com isso, o risco de desenvolver outras doenças é muito alto. 

No entanto, a compulsão alimentar é um assunto rodeado de mitos e verdades, e esclarecer essa questão é fundamental para ter orientações confiáveis sobre o problema. Confira neste post 5 mitos e verdades!

O que é compulsão alimentar

A compulsão alimentar é considerada uma doença mental, no qual a pessoa sente a necessidade intensa de comer, mesmo não estando com fome. É causada principalmente pelos seguintes fatores:

Os sintomas da compulsão alimentar são os seguintes:

5 mitos e verdades sobre a compulsão alimentar 

Os mitos sobre a compulsão alimentar são muitos, embora muitas informações façam algum sentido. Ter orientações confiáveis é essencial para conhecer melhor o problema e procurar ajuda médica adequada. 

Vaja alguns mitos e verdades sobre a doença!

1. A compulsão alimentar tem relação com a saúde mental 

Verdade. O gatilho do comportamento compulsivo está relacionado com o psicológico, pela necessidade de ter um escape. Além do individuo ser mais propenso a desenvolver transtornos psicológicos, como ansiedade, baixa autoestima e até depressão. 

2. Pessoas que tem o problema sempre estão com sobrepeso 

Mito. O sobrepeso é uma consequência possível da compulsão alimentar e nem sempre quem tem a doença esta muito acima do peso. O consumo de calorias em excesso com o tempo vai levar a obesidade, mas tudo depende de cada organismo. 

3. Atividade física ajuda a enfrentar a doença 

Verdade. As atividades físicas são importantes para a saúde de qualquer pessoa. Quem enfrenta a compulsão alimentar ao praticar exercícios têm benefícios para o corpo e a mente, além de acelerar o metabolismo.

4. A compulsão alimentar não tem cura 

Mito. Existem tratamentos eficientes para combater a doença, baseado em terapia cognitivo-comportamental em harmonia com uma alimentação balanceada. Entretanto, é importante evitar a automedicação e contar com o apoio médico para ter eficiência.

5. Dietas radicais ajudam a combater a doença 

Mito. A ideia de emagrecer de forma rápida leva a uma alimentação desordenada e sem a devida nutrição. Dessa forma, não contribuem para combater a compulsão alimentar, mas sim a piorar o quadro causando frustrações e retrocesso. 

Para tratar esse distúrbio alimentar é indispensável contar com apoio médico. Com um diagnóstico mais preciso, o especialista vai indicar um tratamento multidisciplinar para eliminar o problema de uma forma completa, promovendo a saúde e qualidade de vida. 

A compulsão alimentar é uma doença séria e se não for devidamente tratada, pode causar problemas mais graves, como diabetes, insuficiência cardíaca, transtornos psicológicos e outros riscos. Portanto, ao perceber os sintomas, procure um endocrinologista imediatamente para buscar as soluções necessárias e preservar a sua saúde. 

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como endocrinologista em Manaus!